domingo, novembro 12, 2017

O MAGUSTO

 Ontem, dia 11 de Novembro, foi dia de Santo Martinho: o cavaleiro solidário, que num dia enregelado de Novembro, passeando a cavalo, encontrou um mendigo esfarrapado e cheio de frio. Condoído, desceu do seu cavalo, tirou a capa e, com a espada, dividiu-a a meio e deu metade ao mendigo. Então desfizeram-se as nuvens e um dia ensolarado e quente aconteceu.

Esta é a lenda de S. Martinho. A lenda do “Verão de S. Martinho”. Poucos anos acontece um dia de S. Martinho que não seja soalheiro. Este ano também o foi. Infelizmente. Pois o nosso país está sedento e precisa urgentemente que o céu se abra em bátegas solidárias, geradoras de vida.
Desconheço a razão, mas em Portugal é costume aliar-se o dia de S. Martinho com o dia dos magustos. E o Lions Clube de Barcelos cumpriu a tradição: ontem, na Quinta de Santa Maria, num encontro descontraído e bem-disposto, aconteceu o Magusto do Lions Clube de Barcelos. Começou com o almoço por volta das 13 horas, as castanhas assadas a meio da tarde, e terminou com um arroz de tamboril por volta das oito horas. 
Foto de Jeracina Gonçalves.Aconteceu convívio, amizade e solidariedade: tocou-se, cantou-se, dançou-se, cuidou-se da entrada de novos sócios/sócias para o clube, deu-se andamento ao novo projeto do Governador em benefício da investigação do cancro infantil, embrenhando o Clube na compra/venda das pequenas mascotes. Conclusão: viveu-se Lionismo.

Lions Clube de Barcelos
12/11/2011

Sem comentários: