sábado, novembro 17, 2018

RASTREIO DE PREVENÇÃO DA DIABETES


Como foi programado e anunciado, na quinta-feira, dia 15, o Lions Clube de Barcelos em parceria com a Óptica 2 e a Farmácia Filipe, realizou um evento de prevenção da diabetes junto ao Templo do Senhor da Cruz. Noventa pessoas submeteram-se a testes de glicemia, visão, tensão arterial e índice de massa corporal, realizados por técnicos, supervisionados pelo CL Manuel Ribeiro, médico, Presidente da Comissão de Saúde do Lions Clube de Barcelos. Conforme os resultados obtidos nos exames, foram aconselhados quanto à alimentação,  comportamentos e atitudes para manterem uma vida saudável, ou a marcarem consulta para o seu médico de família.
Lions Clube de Barcelos
17!11!2018

terça-feira, novembro 13, 2018

O DIA MUNDIAL DA DIABETES

 
O Município de Barcelos associa-se à causa da Diabetes a nível Mundial, com a iluminação azul do  edifício da Câmara Municipal. Assim dá também ênfase ao evento organizado pelo Lions Clube de Barcelos para amanhã, dia quinze, por ser e quinta-feira, dia de feira na cidade, podendo passar a mensagem e ser útil a mais pessoas.

domingo, novembro 11, 2018

O MAGUSTO



Como manda a tradição nesta época do ano, o Lions Clube de Barcelos festejou o S. Martinho, ontem, dia 10 de novembro, com uma tarde de convívio e amizade.

Começou com um delicioso almoço na Quinta de Santa Maria, pertença familiar dos CCLL Maria e Artur Martins, que gentilmente abriram as suas portas ao seu e nosso clube. Continuou pela tarde adentro em deliciosa e animada cavaqueira, versando assuntos de índole lionística e outra e, a meio da tarde, foram servidas as castanhas assadas, boas e saborosas, fáceis de descascar, o que nem sempre acontece. À noitinha houve um delicioso arroz de tamboril com um caldo verde, e a cavaqueira continuou até que cada um foi dispersando a pouco e pouco.


Foi, como já disse, uma deliciosa tarde de convívio e Amizade, sempre útil e de grande interesse num clube de serviço, que se pretende forte no serviço, na dádiva de si ao outro.

Lions Clube de Barcelos

09/11/2018
* Imagens da Internet

quinta-feira, novembro 01, 2018

DIA MUNDIAL DA DIABETES


Comemorando o Dia Mundial da Diabetes, o Lions Clube de Barcelos irá promover umas Jornadas de Promoção da Saúde,  no dia 15 de novembro, junto ao Templo do Senhor da Cruz, abertas a toda a Comunidade.




sábado, outubro 27, 2018

JANTAR DE OUTUBRO


Saudação às Bandeiras
Realizou-se ontem, dia 26 de Outubro, no Restaurante do Hotel Bagoeira, o jantar mensal do Lions Clube de Barcelos, bastante participado e com a solenidade devida à entrada de um novo elemento no Movimento Lionístico. E a Companheira Sara Rodrigues, apadrinhada pelo Companheiro Casimiro Rodrigues, faz agora parte da família lionística, como CL de pleno direito, e integra do Lions Clube de Barcelos.
Houve  outro momento de grande importância e realce durante esta Reunião ao Jantar: o nosso Presidente, o CL Fernando Monteiro, recebeu das mãos da sua esposa e da sua filha, duas CC/LL, uma prenda de Aniversário muito especial - a Comenda Melvin Jones.
Leitura dos Objetivos do Lionismo
Leitura de Evocação

A nova CL recebe um ramo de flores das mãos  da CL Soledade Monteiro, esposa do nosso Presidente
O nosso Presidente, CL Fernando Monteiro, recebe a Comenda Melvin Jones, oferta de Aniversário da sua família

Barcelos, 26 de Outubro de 2018

domingo, setembro 30, 2018

PASSEIO DE SETEMBRO


Aconteceu ontem, sábado, dia 29 de setembro, o habitual evento do nosso clube no início de cada ano lionístico:  partimos  em passeio, rumo ao Museu do Vinho, na cidade do Peso Régua, para reviver a história do Vinho do Porto e da primeira região demarcada do mundo – "A Região Demarcada do Alto Douro", hoje Património Mundial da Unesco -, implantada em 1756 pelo Marquês de Pombal. 
Ao criá-la estabeleceu os seus limites geográficos e regulou o fabrico do vinho da região proibindo o cultivo do sabugueiro nesse espaço (Era costume acrescentar a baga de sabugueiro às uvas para melhorar o aspeto do vinho.) constituído pelas vinhas do vale do Douro.
Devido às caraterísticas do seu solo xistosos e do seu clima, crescem aí as castas - e são muitas: 115, e todas se distinguem pelo recorte da sua parra - que originam o famoso e antiquíssimo néctar: o nosso vinho do Porto.
Na sala de entrada tivemos o privilégio de apreciar uma exposição de Carlos Cardoso de apontamentos fotográficos relativos às linhas férreas da região, denominada "VIA ESTREITA".  Depois caminhámos pela história desse monumento nacional, natural, edificado pelo braço humano com ferramentas tão rudimentares como a enxada, o enxadão, a pá, a picareta, a marreta e o ferro, que é região do vinho do Porto, e pelas suas lutas, vitórias e dramas. 
E um dos seus grandes dramas foi a filoxera, que alastrou a fome e a miséria pelos povos da região e pelas gentes que vinham de fora para trabalharem as quintas.
Está bem patente ainda nos mortórios: espaços selvagens nas encostas do Douro, resultantes de vinhas mortas pela filoxera, que não foram recuperadas, e que não o podem ser atualmente por serem Património da Humanidade. 
Seguiu-se o percurso até ao restaurante “Varandas da Régua”.
A vista alargou-se pela bonita paisagem do Douro ao subirmos a encosta até ao Miradouro de Santo António, onde fica o dito restaurante, onde fomos contemplados com um delicioso almoço e uma vista espetacular sobre a região da Régua e o rio Douro.
A seguir ao almoço esperava-nos a cidade de Lamego, uma cidade antiga, de antes da nacionalidade, do ano 1047.
Tínhamos marcada uma visita guiada  ao Museu de Lamego, sediado no antigo Paço Episcopal no Centro Histórico da cidade.   
Detentor de um acervo riquíssimo em mobiliário, escultura, pintura, tapeçaria, azulejaria, ourivesaria, paramentaria, cerâmica, arqueologia, etc., objetos belíssimos e riquíssimos, distribuído por um espaço bonito constituído por diversas salas, esta visita foi um momento de deleite cultural. Levou-nos a circular por variadas eras e ramos da cultura, da arte e da história.  
Figuram neste Museu vinte e sete objetos classificados como Tesouros Nacionais, dos quais saliento um conjunto de quatro tapeçarias flamengas que ilustram a história de Édipo, filho do rei de Tebas.
Segundo uma lenda da Mitologia Grega, contada por  Sófocles - um escritor-dramaturgo grego -, Édipo matou o pai e casou com a mãe. Esta lenda está representada nos ornamentos dessas quatro tapeçarias, que parece ser as únicas no mundo a ilustrarem esse tema.
Visitamos depois a Sé de Lamego, a poucos metros do Museu, fundada em 1129.
Por último seguimos para o Santuário da Senhora dos Remédios, localizado no monte de Santo Estêvão, em cuja vertente frontal assenta a majestosa escadaria que lhe dá acesso desde a cidade, servida por uma larga avenida no enfiamento do Centro Histórico. E essa é a belíssima imagem que carateriza a cidade de Lamego em qualquer compêndio ou cartaz.
Por fim, na “Presuntoteca” fomos presenteados com diversos sabores de Lamego: presunto, salpicão, queijo e chouriço, e aí lanchámos.
Regressámos a Barcelos felizes, com os olhos e o coração repletos de alegria, pelo convívio, pela beleza que observámos e absorvemos, e porque carregámos a mochila dos nossos saberes com mais alguns conhecimentos.
O nosso bem-haja aos amigos que nos acompanharam e consideramos, já, como elementos integrantes do nosso grupo.




                                                                                                    Lions Clube de Barcelos

29/09/2018